Pesquisa

Conheça as caixas de gordura industriais, recomendadas para restaurantes e fábricas

O artefato é igual a uma caixa de gordura comum, mas com maior volume e resistência reforçada.

Postado em 19/04/2018


Instalada para retirar o mau cheiro de um ambiente e preservar a própria natureza, a caixa de gordura recebe os despejos de uma cozinha ou de uma indústria no geral, se limitando apenas por seu volume interno e pela rede de esgoto.


A caixa de gordura é um artefato de concreto importante para se mais a higiene de um local e do próprio meio ambiente, já que o intuito é a separação da matéria ruim que pode contaminar o solo e a água por infiltração.

A fim de evitar problemas de entupimento das tubulações é sempre importante os estabelecimentos comerciais terem uma caixa de gordura adequada. Nas situações que em uma caixa de gordura doméstica não é suficiente, ou seja, para restaurantes e grandes indústrias e fábricas, nós recomendamos a caixa de gordura industrial de concreto, pronta para receber um grande volume de material e dar o devido tratamento para ele.

No mercado há opções de caixa de gordura de plástico, mas elas raramente são adequadas a grandes volumes. As vantagens de se utilizar uma caixa de gordura de concreto são várias, mas as principais são pelo custo reduzido na construção; A melhor qualidade do resultado; E a opção de poder fazer uma caixa do tamanho da sua necessidade, sem se limitar aos tamanhos definidos pelo mercado.

Saiba mais sobre caixas de gordura de concreto e as vantagens da construção delas. A Louzada Pré Moldados conta com uma equipe em Campinas e região pronta para tirar todas as suas dúvidas e aconselhar nas melhores escolher para sua obra.

Entre em contato também pelos canais.
Fones: (19) 3241.2807 | (19) 3242.2683
E-mail: contato@louzadapremoldados.com.br
Rua Uirapuru, 663. Barão Geraldo
Campinas - SP

Deixe seu comentário
Categorias: Dicas;

Tags: caixa de gordura, óleo, limpeza, reciclagem, agua, concreto, fabrica, cozinha industrial, grande


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários